Home    |    Login / Cadastro    |  Contato
 
Nossa Missão
 
 

TSE apresenta sistema de identificação biométrico que será usado em eleições

TSE apresenta sistema de identificação biométrico que será usado em eleições

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) apresentou nesta quinta-feira em Brasília o "Kit Bio", um conjunto de equipamentos que serão utilizados para cadastrar o eleitorado brasileiro por leitura biométrica nas eleições municipais deste ano.

Os eleitores terão seus dados pessoais, impressões digitais e fotografia coletados pelo sistema. A previsão do TSE é de que em dez anos 100% dos eleitores do país já estejam cadastrados no novo sistema que, de acordo com o órgão, será o maior do mundo em número de registros biométricos.

"Bio Kit" será usado para cadastrar eleitores nas próximas eleições

O projeto será testado inicialmente apenas em três municípios, que receberão os equipamentos compostos por um laptop, máquina fotográfica digital e o leitor biométrico a partir da próxima segunda-feira (3).

Os quase 50 mil eleitores de Fátima do Sul (MS), São João Batista (SC) e Colorado D'Oeste (RO) serão os primeiros a ter o cadastro biométrico nas próximas eleições. Cada município receberá 20 "Bio Kits" e terão o acompanhamento de técnicos da Polícia Federal.

O TSE informa que a escolha dos municípios seguiu alguns critérios, como população aproximada em 15 mil pessoas, estar prestes a revisar o cadastro dos eleitores, ser sede de zona eleitoral e também estar próximos à capital do seu Estado.

Segundo informou o TSE, os atuais títulos eleitorais não precisarão ser trocados com a introdução do novo método de identificação. A foto do eleitor captada pelo sistema ficará armazenada no cadastro eleitoral e servirá para que o mesário identifique a pessoa caso não seja possível pela forma biométrica.

Biometria

A biometria --do grego: bios (vida) metron (medida)-- é um estudo estatístico das qualidades comportamentais e físicas do ser humano. O termo refere-se principalmente ao uso do corpo (impressões digitais, por exemplo) em mecanismos de identificação.

Os aparelhos biométricos funcionam por meio da captura de amostras do ser humano --íris, retina, dedo, rosto, veias da mão, voz e até odores do corpo. Essa amostra é transformada em um padrão, que poderá ser comparado para futuras identificações.

A biometria se baseia na idéia de que alguns traços físicos são exclusivos de cada ser e os transforma em padrões. A técnica foca as chamadas "mensurações unívocas".

 

Fonte Folha Online